Search
Close this search box.

Vídeo: Presidente da Funai é expulso de evento na Espanha

Evento era o III Encontro de Altas Autoridades da Ibero-América com Povos Indígenas

Vídeo: Presidente da Funai é expulso de evento na Espanha
Foto: Reprodução Twitter
Foto: Reprodução Twitter

O presidente da Funai, indicado por Jair Bolsonaro, Marcelo Xavier, foi expulso nesta quinta-feira (21), do III Encontro de Altas Autoridades da Ibero-América com Povos Indígenas, que acontece em Madri. [vídeo abaixo]

Anuncie no PB Branco

Um ato de protesto do indigenista Ricardo Henrique Rao, ex-agente da Funai, acusou Xavier de ser o responsável pelo genocídio dos povos indígenas, do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, assassinados há cerca de um mês, na Amazônia, quando faziam uma expedição.

“Eu venho denunciar esse assassino, Marcelo Xavier, como inimigo de vocês. […] Esse homem é um miliciano, não representa a Fundação Nacional do Índio. É um assassino, um miliciano, é amigo de um governo golpista que está ameaçando a democracia no Brasil”, disse para todos no auditório.

>> Leia também: “A Abin foi na Funai atrás de mim”, conta indigenista que deixou o Brasil para não morrer.

Rao tinha muita amizade com Bruno Pereira. Eles estudaram juntos no Curso de Formação de Política Indigenista da Funai.

Hoje, Rao vive exilado na Europa, desde 2019. Em 19 de novembro de 2020, um ano após se exilar por medo de ser assassinado, Ricardo Rao foi exonerado da Funai por Xavier.

Anuncie no PB Branco

“O Itamaraty é uma vergonha, está sendo babá de miliciano. Marcelo Xavier é um miliciano. É um assassino, responsável pela morte de Bruno Pereira”, emendou, enquanto Xavier levantou-se para sair da sala ao lado de um representando do Itamaraty.

A assembleia é promovida pelo Fundo para o Desenvolvimento dos Povos Indígenas da América Latina e o Calibre (FILAC), que foi criado em 1992 e distribui recursos, incluindo da FAO – órgão da ONU para a alimentação e agricultura, entre as comunidades originárias da região, além de trabalhar pela implementação de uma política de direitos humanos para os povos indígenas nos países membros.

 

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Notou algum erro no texto acima? Por favor, nos informe clicando aqui.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.
Anuncie no PB Branco