Search
Close this search box.

Edvaldo Brito defende protagonismo dos vices e critica abordagem de ACM Neto em gestão passada

Vereador e presidente municipal do PSD ressalta importância de vices ativos e decisivos para uma gestão eficaz

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em entrevista ao programa Boa Tarde Bahia, da Band Bahia, nesta quinta-feira (22), Edvaldo Brito, vereador e presidente municipal do PSD, abordou o papel crucial dos vice-prefeitos e a necessidade de protagonismo para uma gestão municipal eficaz. Criticando a abordagem adotada pelo ex-prefeito ACM Neto em sua gestão, Brito destacou a importância de escolher vices não apenas para fins eleitorais, mas para contribuir ativamente com a administração da cidade.

O PSD já definiu seu apoio ao vice-governador Geraldo Júnior como pré-candidato à prefeitura de Salvador, porém a escolha para o cargo de vice ainda está em aberto. Questionado sobre a posição do partido em relação à indicação do vice – diante da indefinição por parte do presidente estadual do partido, senador Otto Alencar –, Edvaldo Brito enfatizou a importância da participação ativa do PSD nas decisões eleitorais, salientando que um partido que não se envolve nas eleições dificilmente sairá vitorioso.

“Partido que não disputa eleição, não ganha eleição”, declarou o vereador. “É fundamental que tenhamos um nome competitivo para a vice, alguém que não esteja ali apenas para preencher uma lacuna, mas para contribuir efetivamente com a gestão da cidade.”

Anuncie no PB Branco

Edvaldo Brito compartilhou sua experiência pessoal de quando foi indicado para o cargo de vice-prefeito em 2008, destacando a importância de ter um nome reconhecido e respeitado pela população. “Quando cheguei como vice, não quis ser uma figura decorativa”, afirmou. “Exigi protagonismo e me envolvi ativamente em diversas áreas da administração municipal.”

O vereador também criticou a postura adotada por ACM Neto em sua gestão, citando o exemplo de Célia Sacramento, vice-prefeita durante seu mandato. Embora reconhecesse suas qualidades pessoais, Edvaldo afirmou que Célia não recebeu o protagonismo necessário para contribuir efetivamente com a gestão. “Foi apenas uma estratégia para ganhar a eleição”, lamentou. “Um vice não deve ser escolhido apenas por conveniência eleitoral, mas sim por sua capacidade de atuar e resolver questões importantes para a cidade.”

O vereador elogiou a abordagem da atual administração, destacando o papel ativo desempenhado pela vice-prefeita Ana Paula. “Ana Paula é uma protagonista em sua função e tem mostrado competência em todas as áreas em que é designada a atuar, inclusive na Secretaria de Saúde”, afirmou Edvaldo.

Anuncie no PB Branco

Ao finalizar, o vereador reiterou a importância de escolher vices com base em critérios de competência e capacidade de atuação, enfatizando que um vice-prefeito não deve ser apenas uma figura simbólica, mas sim um parceiro ativo na gestão municipal.

Assista abaixo entrevista com Edvaldo Brito:

 

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE
master banner

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.
Anuncie no PB Branco