Search
Close this search box.

Aliados de Putin dizem que Mariupul foi tomada e não será devolvida

Segundo autoridades ucranianas, 100 mil pessoas estariam na região e não conseguiram fugir

Soldados russos deixaram minas por onde passaram, diz Zelenskiy
Foto: Carlos Rosillo/El País
Foto: Carlos Rosillo/El País

Aliados de Vladimir Putin afirmam que o exército russo tomou o poder em Mariupol, cidade estratégica do sul ucraniano. Ao menos dois nomes ligados ao chefe do Kremlin confirmaram a informação. O governo da Ucrânia nega.

Agências internacionais de notícias divulgaram celebrações do chefe do Rússia Unida, Andrei Turchak, e o líder checheno, Ramzan Kadyrov, garantindo a conquista.

“Para que ninguém tenha dúvidas: a Rússia está aqui para sempre”, declarou Andrei Turchak ao afirmar que a Rússia reconstruirá Mariupol.

Na mesma tendência, Ramzan Kadyrov disse que tropas ucranianas se renderam e que militares russos tomaram a Prefeitura de Mariupol.

“Os soldados relataram no rádio que libertaram o prédio da administração de Mariupol e levantaram nossa bandeira”, declarou. E acrescentou: “Abandonaram suas posições”.

Nos últimos dias, Mariupol se tornou um dos principais alvos de ataques russos. Segundo autoridades ucranianas, 100 mil pessoas estariam na região e não conseguiram fugir.

A Culpa é de Fidel

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE
master banner

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.