Search
Close this search box.
,

São João 2024 impulsiona economia da Bahia com recorde de turistas

Evento atrai 1,7 milhão de visitantes e gera receita de R$ 2 bilhões

Virgílio abre primeira noite do tradicional São João do Pelourinho
Foto: Jefferson Machado/GOVBA
Foto: Jefferson Machado/GOVBA

A Secretaria de Turismo do Estado da Bahia (Setur-BA) comemora o sucesso do São João 2024, que ainda terá os festejos em homenagem a São Pedro no próximo fim de semana. Este ano, a festa atraiu mais de 1,7 milhão de visitantes e gerou uma receita de R$ 2 bilhões, um marco histórico comparado aos R$ 1,6 bilhão e 1,5 milhão de turistas do ano passado.

Anuncie no PB Branco

Os municípios de Cruz das Almas, Amargosa, Lençóis, Senhor do Bonfim, Jequié e Ibicuí destacaram-se pela ocupação hoteleira máxima e aumento na procura por casas de temporada. Clique aqui e siga nosso canal no WhatsApp.

O secretário de Turismo da Bahia, Maurício Bacelar, atribui os resultados ao planejamento estratégico, iniciado logo após o Carnaval, com a divulgação da festa nos principais polos emissores de turistas nacionais, capacitação de agentes de viagens e promoção em feiras internacionais.

Bacelar também ressaltou a pesquisa de demanda turística realizada nas zonas Chapada Diamantina, Caminhos do Sudoeste, Baía de Todos-os-Santos e Caminhos do Jiquiriçá. Os dados coletados sobre o perfil dos visitantes e avaliação dos serviços oferecidos serão utilizados para aprimorar futuras ações. Clique aqui e siga nosso canal no WhatsApp.

O Governo do Estado investiu mais de R$ 140 milhões nos festejos de São João, garantindo infraestrutura, segurança, saúde e grandes atrações em 13 zonas turísticas. Parcerias com o Governo Federal, prefeituras e o setor turístico foram fundamentais para o recorde de turistas e a significativa injeção de recursos na economia local.

Ouça o áudio abaixo:

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Notou algum erro no texto acima? Por favor, nos informe clicando aqui.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

PODCAST

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.