Search
Close this search box.

Prefeitura de Salvador vai investir R$ 56 milhões na Operação Chuva 2022

A ação será dividida em duas etapas, uma preparatória e outra de alerta

Geomanta
Foto: Valter Pontes/PMS
Foto: Valter Pontes/PMS

Salvador contará com cerca de R$ 56 milhões para realização de ações preventivas a desastres naturais durante a Operação Chuva 2022. Dividida em duas etapas – uma preparatória e outra de alerta -, a iniciativa abrangerá desde novas obras de proteção de encostas em diversos pontos da cidade até colocação de lonas, reforço na limpeza de canais e em áreas consideradas de alto risco para deslizamento de terra, além de investimentos em tecnologia.

A ação foi lançada pelo prefeito Bruno Reis nesta quinta-feira (7), ao lado do diretor geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sosthenes Macêdo, e gestores municipais.

Como tem acontecido nos últimos anos, o objetivo da Operação Chuva é preparar, de forma mais completa e organizada, a capital baiana para enfrentar o período chuvoso que tradicionalmente ocorre entre abril e junho. As ações preventivas são contínuas, mas nesses meses a Prefeitura reforça as atenções em localidades que possam ser atingidas pelo volume das precipitações. De acordo com a Codesal, a probabilidade é que o acumulado de chuva este ano seja acima da Normal Climatológica para maio a junho (824,7mm).

O prefeito Bruno Reis ressaltou que essas ações visam dar uma segurança maior à cidade para este período das chuvas. “Salvador hoje está muito mais preparada, pois investimos em tecnologia, a exemplo dos sistemas de alerta e alarme, pluviômetros e estações meteorológicas, e em proteção de áreas de risco. Desde 2013, já foram protegidas mais de 350 áreas e até o fim deste ano, devemos chegar a 400. A cada ano tem chovido mais e estamos evitando desastres – graças a Deus e a esse trabalho, no ano passado, não tivemos uma vítima da chuva na cidade, e esperamos que este ano possa ser assim”, declarou.

Preparação

A etapa preparatória da Operação Chuva 2022 teve início em março passado e é destinada à adoção de ações preventivas, como obras definitivas de contenções de encostas. Para este ano, 17 estruturas do tipo estão em execução e outras dez estão para iniciar. Desde 2013, a cidade foi beneficiada com a conclusão de 125 contenções, resultado de um investimento de R$ 164 milhões.

Além disso, a aplicação de cinco geomantas está em curso. Estas obras são soluções tecnológicas de rápida execução e baixo custo em comparação às cortinas de contenção em concreto, sendo formada por um composto de PVC e geotêxtil com cobertura de argamassa jateada. Há 222 proteções similares concluídas na cidade. O investimento é de R$ 21 milhões.

A colocação de lonas é outra estratégia inserida pela Prefeitura para proteger localidades que demandam atenção contra desastres naturais. Só de dezembro de 2021 até o momento foram utilizados aproximadamente 60 mil m² do material para proteção de 312 áreas de risco.

Os serviços de manutenção da rede de macro e microdrenagem também são focos na etapa preparatória da Operação Chuva 2022. Desse modo, foi realizada a dragagem de 49 canais, correspondendo a cerca de 14.870 metros; limpeza de 6,6 mil caixas coletoras; desobstrução de 139,4 mil metros de galerias de drenagem e recuperação de 3,5 mil metros de escadarias drenantes.

Os trabalhos de capinação, roçagem, retirada de entulho, remoção de terra e lixo nas encostas, assim como limpeza de valetas e limpeza nas áreas de risco, também foram realizados e serão intensificados neste período de abril a junho.

Para aperfeiçoar a rede de monitoramento, mais três novas sirenes foram adquiridas e serão instaladas ainda este ano, com investimento de R$ 1,7 milhão. Atualmente, a cidade conta com 11 equipamentos similares em dez áreas de risco, além de 71 pluviômetros, quatro estações meteorológicas, 15 estações geotécnicas, quatro estações hidrológicas e um radar meteorológico.

A etapa preparatória conta, por fim, com realização constante de simulados de evacuações e formação de Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (Nupdecs). De 2016 a 2022, foram instalados 69 Nupdecs e 14 Nupdecs Mirins, além da realização de 32 simulados de evacuação, 36 mobilizações em comunidades, 79 ações de fortalecimento das iniciativas e 74 atividades do Programa Defesa Civil nas Escolas (PCDE).

Alerta

A etapa alerta, por sua vez, é realizada durante os meses de abril a junho, e prevê ações de monitoramento e resposta a situações de risco ou desastre. Nesta fase, por exemplo, a capital baiana será beneficiada com o plantio de 3 mil árvores, através da Operação Plantio Chuva.

Serão intensificadas, ainda, as ações do Centro de Monitoramento de Alerta e Alarme da Defesa Civil (Cemadec), o que envolve a execução dos protocolos estabelecidos no Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC) para acompanhamento e avaliação do quadro evolutivo dos fenômenos climáticos que oferecem risco à população.

As vistorias técnicas e produção e gerenciamento de alertas, por meio de SMS, com informes de possíveis ameaças de desastres em áreas de risco também serão intensificadas. A população pode receber os informativos e alertas da Codesal pelo celular, enviando mensagem para o número 40199. Já as comunicações sobre situações de risco prosseguem através do número gratuito 199.

Trabalho conjunto – A coordenação executiva da Operação Chuva é exercida pela Codesal e conta com apoio de diversos órgãos municipais, como a Companhia de Desenvolvimento Urbano (Desal), Guarda Civil Municipal (GCM), Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb), Secretaria Geral de Articulação Comunitária e Prefeituras-Bairro, Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Secretaria Municipal de Manutenção da Cidade (Seman), Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar), Diretoria de Iluminação Pública (Dsip) da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer  (Sempre) e Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ).

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Notou algum erro no texto acima? Por favor, nos informe clicando aqui.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE
master banner

PODCAST

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.