Search
Close this search box.

População de Morro do Chapéu recebe alimentos para a Semana Santa

Projeto 'Peixe na Cesta', distribuiu peixe e cesta básica beneficiando cerca de 20 mil pessoas no município

Cesta basica
Foto: Ascom/PMC
Foto: Ascom/PMC

A Prefeitura de Morro do Chapéu distribuiu cestas de alimentos para 5 mil famílias na Semana Santa. Chamada de “projeto Peixe na Cesta”, a iniciativa foi conduzida pela Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social (Sedas) e beneficiou cerca de 20 mil pessoas no município.

Anuncie no PB Branco

O projeto foi proposto pelo Poder Executivo, aprovado pela Câmara Municipal e sancionado pela prefeita Juliana Araújo (PL), se tornando a Lei 1.291/2022 – chamada de “Lei do Peixe”. Foi feita licitação para a aquisição dos produtos.

Cada cesta de alimentos é composta por 2 quilos de peixe em posta, 1 quilo de arroz parboilizado, 1 quilo de farinha de mandioca, 1 quilo de feijão carioquinha, 1 litro de suco de uva, 200 ml de azeite de dendê e 1 pacote de 40 gramas de camarão seco. Os alimentos foram distribuídos na véspera da Sexta-Feira Santa.

Segundo a prefeita, por ter se tornado lei, o Projeto Peixe na Cesta será uma tradição na cidade e ocorrerá todos os anos durante a Semana Santa, pelo menos durante a atual gestão.

“Este projeto beneficia as pessoas mais carentes da nossa cidade, aquelas pessoas que mais precisam. Tomamos a decisão de não distribuir apenas peixe e preparamos uma cesta de alimentos, que vai beneficiar mais de 20 mil pessoas durante a Semana Santa, momento de solidariedade e esperança. Nossa gestão seguirá dando atenção a todos, em especial aos mais vulneráveis”, destacou.

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE
master banner

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.