Search
Close this search box.

‘No Ritmo do Coração’ conquista estatueta de melhor filme no Oscar 2022

No Ritmo do Coração é o primeiro filme de plataforma streaming a vencer o Oscar

Oscar
Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

‘No Ritmo do Coração’ foi o grande vencedor do Oscar 2022. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood deu ao longa de Sian Heder os prêmios de Melhor Filme, melhor Roteiro Adaptado e Melhor Ator Coadjuvante, para Troy Kotsur – que se tornou o primeiro homem surdo a vencer um Oscar em uma categoria de atuação.

O filme [assista trailer abaixo] conta a história de uma garota que é a única ouvinte em uma família de surdos. No Ritmo do Coração superou rivais de peso, como Ataque dos Cães, de Jane Campion (que levou para casa o único prêmio do filme da noite, o de melhor direção).

No Ritmo do Coração é, também, o primeiro filme de uma plataforma de streaming a vencer o Oscar, já que, nos Estados Unidos, ele foi distribuído pela Apple. Aqui no Brasil, o longa pode ser visto no Amazon Prime Video.

Outros destaques

Em números, o grande vencedor da noite do Oscar foi Duna, com seis prêmios – todos em categorias técnicas. A noite foi relativamente previsível nos prêmios entregues, com vitórias de Jessica Chastain (Melhor Atriz), Ariana DeBose (Melhor Atriz Coadjuvante) e Will Smith (Melhor Ator).

A surpresa da noite ficou por conta de Will, que momentos antes de vencer seu prêmio, deu um tapa em Chris Rock durante a transmissão, após o comediante fazer uma piada ofensiva com sua esposa, Jada Pinkett Smith. Ao aceitar sua estatueta, Smith pediu desculpas à Academia e fez um discurso emocionado.

Confira abaixo a lista completa de vencedores da 94ª edição do Oscar:

  • Melhor filme: “No Ritmo do Coração”
  • Melhor direção: Jane Campion, por “Ataque dos Cães”
  • Melhor ator: Will Smith, por “King Richard: Criando Campeãs”
  • Melhor atriz: Jessica Chastain, por “Os Olhos de Tammy Faye”
  • Melhor ator coadjuvante: Troy Kotsur, por “No Ritmo do Coração”
  • Melhor atriz coadjuvante: Ariana DeBose, por “Amor, Sublime Amor”
  • Melhor filme internacional: “Drive My Car” (Japão)
  • Melhor filme de animação: “Encanto”
  • Melhor documentário: “Summer of Soul”
  • Melhor roteiro original: “Belfast” – Kenneth Branagh
  • Melhor roteiro adaptado: “No Ritmo do Coração” – Sian Heder

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Tags: # #

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.