Search
Close this search box.

“Não há hipótese” de militares apoiarem golpe, afirma Rodrigo Pacheco

O presidente do Senado foi o entrevistado do programa Roda Viva, da TV Cultura, desta segunda-feira (16)

Foto: Roque de Sá/Ag. Senado
Foto: Roque de Sá/Ag. Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (UB), em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira (16), garantiu que “não há hipótese” de as Forças Armadas apoiarem o presidente Jair Bolsonaro (PL) caso ele não aceite os resultados das eleições presidenciais de outubro.

“Tive alguns encontros com Exército, Marinha, Ministério da Defesa; todos com uma relação cordial e constitucional. Não houve em nenhuma hora uma crítica veemente [ao processo eleitoral]”, declarou. Portanto, segundo o parlamentar, “não há hipótese de amparo a iniciativas sem previsão na Constituição”.

Sobre as críticas do presidente às urnas eletrônicas, Pacheco defendeu a necessidade de virar a página. “O que não podemos é permitir que instituições a essa altura, depois de tudo demonstrado, de como é que funciona todo o mecanismo da Justiça Eleitoral, ainda insista em questionar as urnas eletrônicas. Nós devemos superar essa fase, virar essa página”, ressaltou.

“O Congresso Nacional decidiu que o voto é eletrônico e que não há voto impresso. Então, essa é a nossa realidade, e repito: absolutamente confiável”, finalizou.

Assista a entrevista na integra:

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.