Search
Close this search box.

“Não fomos felizes nas finalizações”, avalia Dorival após empate do Brasil com a Costa Rica

Seleção começa Copa América sem vencer e liga alerta para as próximas rodadas

Foto: Rafael Ribeiro/CBF
Foto: Rafael Ribeiro/CBF

O Brasil não conseguiu vencer a Costa Rica na estreia da Copa América, na noite desta segunda-feira (25). Jogando em Los Angeles, os comandados de Dorival Júnior até pressionaram os adversários, mas a partida terminou empatada pelo placar de 0 a 0.

Em entrevista após o jogo, Dorival elogiou o desempenho do Brasil, mas afirmou que o time não foi feliz nas finalizações das jogadas. O treinador acredita que a Seleção apresentou credenciais positivas neste início de competição. Clique aqui e siga nosso canal no WhatsApp.

“Eu acredito que o jogo, dentro de um contexto, foi um jogo bem disputado. Nós tivemos a maior parte do tempo com troca de passes. Perspectivas pelos lados, por dentro, jogamos com aproximação, criamos boas oportunidades. Não fomos felizes nas finalizações, concordo, mas, de um modo geral, eu acho que nós apresentamos coisas bem positivas”, disse.

Anuncie no PB Branco

Sobre a falta de efetividade no ataque, Dorival disse que sentiu falta de movimentos em profundidade, para confundir a boa marcação da Costa Rica. O treinador fez diversas mudanças no ataque na segunda etapa, mas a defesa adversária levou a melhor.

“Precisamos de um movimento sujo, movimento de ataque a última linha, movimento de dez passes atrás da linha adversária e abertura maior frontal a esse movimento de linha para que possamos facilitar a vida de quem tenha a bola nos pés. Foi a maior dificuldade encontrada. Faltaram alguns movimentos em profundidade e tivemos dificuldade maior. Esse movimento carrega a linha para cima do goleiro e abrem espaços para trabalhar a bola por trás”, afirmou. Clique aqui e siga nosso canal no WhatsApp.

Destaque do Real Madrid na conquista da Liga dos Campeões, Vini Jr. teve uma atuação discreta. Pouco participativo, o atacante foi substituído no segundo tempo, o que provocou críticas por parte de alguns torcedores na internet. Na entrevista, Dorival Júnior explicou a mudança.

“Nós colocamos (o Vini Jr) pelo lado, não tivemos sucesso. Colocamos por dentro, também não víamos encontrando um caminho, ele estava muito bem marcado. Nós tínhamos que buscar uma solução, tentando uma mudança. O nosso time estava muito bem postado, ganhando a maioria das jogadas e em razão de ganhar essas segundas bolas. Nós estávamos apresentando um volume de jogo muito bom. Nós tivemos que fazer mudanças em peças. Tentamos várias alternativas, várias situações foram criadas, acabamos não tendo sucesso nas finalizações”, concluiu.

Pressionado por um bom resultado, o Brasil volta a campo na próxima sexta-feira (28), para enfrentar o Paraguai. A bola rola às 22h, no Allegiant Stadium, em Nevada.

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Notou algum erro no texto acima? Por favor, nos informe clicando aqui.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

PODCAST

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.