Search
Close this search box.

Modelo e franco-atiradora brasileira é morta na Ucrânia, diz jornal

Thalita do Valle possuía experiência em áreas de conflito armado

Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

A modelo e franco-atiradora brasileira Thalita do Valle morreu na semana passada, na cidade de Kharkiv, na Ucrânia. Segundo informações do Daily Mail, ela estava escondida em um bunker que foi atingido por um míssil russo. Thalita tinha 39 anos e era natural de Ribeirão Preto, São Paulo.

A brasileira possuía experiência em áreas de conflito armado. Ela chegou a participar de missões humanitárias ao redor do mundo e também lutou contra o Estado Islâmico no Iraque. Tinha se juntado às tropas ucranianas havia apenas três semanas. Além de atiradora, ela atuava como socorrista.

Thalita costumava compartilhar suas experiências em conflitos no seu canal no YouTube [veja abaixo]. Na plataforma há vídeos em combate contra o Estado Islâmico. Em outras imagens, Thalita também mostrou o treinamento de atirador de elite que recebeu quando se juntou aos Peshmergas, que são as forças militares armadas independentes do Curdistão, no Iraque.

A família de Thalita afirmou que a última vez que teve contato com a brasileira foi no dia 27 de junho. Na ligação, ela informou que havia se mudado para a cidade de Kharkiv. Rodrigo Viera, irmão de Thalita, descreveu a modelo como uma heroína. Ele também ressaltou que ela tinha a vocação de salvar vidas.

Veja seleção de fotos postada por Thalita do Valle em seu canal no YouTube:

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Tags: #

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.