Search
Close this search box.

Mais de 255 mil estudantes na Bahia são beneficiados com o Programa Pé-de-Meia

Iniciativa do Governo Federal se inspira em programa estadual para combater evasão escolar e promover assistência socioeconômica

Mais de 255 mil estudantes na Bahia são beneficiados com o Programa Pé-de-Meia
Foto: Luiz Carrera
Foto: Luiz Carrera

Mais de 250 mil estudantes da rede estadual de ensino na Bahia foram beneficiados pelo Programa Pé-de-Meia, uma iniciativa do Governo Federal que visa conceder incentivo financeiro a alunos do Ensino Médio em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Inspirado no Programa Bolsa Presença do Governo do Estado, implementado em 2021 para combater a evasão escolar, o Pé-de-Meia tem sido uma fonte crucial de apoio para famílias em todo o estado.

Os números revelam a amplitude do programa, abrangendo estudantes dos 417 municípios baianos. Na capital, Salvador, foram contemplados 30.807 alunos, enquanto outras cidades como Feira de Santana, Camaçari, Juazeiro, Vitória da Conquista, Barreiras, Itabuna e Ilhéus também registraram números significativos de beneficiados. Clique aqui e siga nosso canal no WhatsApp.

O Pé-de-Meia proporciona aos estudantes um incentivo mensal de R$ 200, com a possibilidade de saque a qualquer momento. Além disso, a cada ano letivo concluído, é efetuado um depósito de R$ 1.000 em uma poupança, que só pode ser retirado após a conclusão do Ensino Médio. Um adicional de R$ 200 é concedido pela participação no Enem, elevando o valor total dos incentivos para até R$ 9.200 por aluno. O investimento anual no programa é de R$ 7,1 bilhões, com a meta de alcançar 2,5 milhões de estudantes em todo o país.

Comparativamente, o programa estadual Bolsa Presença oferece às famílias um auxílio de R$ 150 por mês, com um adicional de R$ 50 para o segundo filho matriculado na rede estadual, independentemente da série ou modalidade. Em 2024, o Estado destinou recursos próprios no valor de R$ 635,9 milhões ao Bolsa Presença, beneficiando 322 mil famílias de 365 mil estudantes matriculados.

Para muitas famílias, como a de Eglah Santos Farias, residente em Salvador, esses programas representam uma importante complementação de renda. Com cinco filhos matriculados na rede estadual, sendo um contemplado pelo Pé-de-Meia, Eglah destaca a ajuda significativa que esses auxílios proporcionam para a alimentação e transporte de seus filhos, enquanto ela própria trabalha na produção e venda de salgados. Clique aqui e siga nosso canal no WhatsApp.

O superintendente de Gestão da Informação da Secretaria da Educação do Estado, Rainer Guimarães, ressalta a importância dessas políticas de assistência estudantil, destacando o compromisso dos governos Federal e Estadual com a permanência dos estudantes na escola. Ele enfatiza que tais iniciativas proporcionam oportunidades de aprendizagem e futuro para milhares de estudantes baianos, além de promoverem inclusão social.

Em um momento em que a educação e a assistência socioeconômica são cruciais para garantir o desenvolvimento dos estudantes, programas como o Pé-de-Meia e o Bolsa Presença emergem como pilares fundamentais para o progresso social e educacional no estado da Bahia e em todo o país.

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Notou algum erro no texto acima? Por favor, nos informe clicando aqui.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.
Anuncie no PB Branco