Search
Close this search box.
Anuncie no PB Branco

Eduardo Bolsonaro pode ser incluído em investigação sobre invasão ao Capitólio

Segundo deputado americano, há uma linha de investigação apurando o envolvimento de conexões internacionais da extrema-direita no ataque

Eduardo Bolsonaro pode ser incluído em investigação sobre invasão ao Capitólio
Foto: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados
Foto: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados

O filho 03 do presidente Jair Bolsonaro (PL), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), pode ser incluído nas investigações sobre a invasão ao Capitólio, nos EUA, ocorrida no dia 6 de janeiro de 2021.

A informação foi dada pelo deputado norte-americano, o democrata Jamie Raskin, em conversa com uma comitiva de representantes de entidades civis do Brasil, que está em Washington para tratar de eventual risco de golpe nas eleições presidenciais do Brasil.

Segundo noticiou a Folha de S.Paulo, Raskin disse à comitiva brasileira que uma das linhas de investigação do caso envolve a participação de conexões internacionais da extrema-direita na invasão. O filho 03 de Bolsonaro pode ser incluído porque estava na capital americana dias antes da invasão, e se reuniu com pessoas próximas ao então presidente Donald Trump.

Anuncie no PB Branco

Segundo noticiaram sites americanos, Eduardo teria se reunido com o empresário Michael Lindell e outros aliados de Trump envolvidos no planejamento da invasão. O deputado brasileiro nega que tenha participado de reuniões com pessoas ligadas ao ataque. Ele diz que esteve na capital americana em 4 de janeiro, para se encontrar com a filha do então presidente, Ivanka Trump, e seu marido, Jared Kushner, na época assessor de Trump.

Raskin elogiou a reunião com a comitiva brasileira, afirmando que foi “muito educativa”. “Está claro que as forças pró-democracia e pró-direitos humanos no Brasil estão com medo de que algo parecido com o que ocorreu nos EUA em 6 de janeiro possa acontecer em seu país”, disse Raskin.

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE
master banner

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.