Search
Close this search box.

Denunciado, Pedro Guimarães pede para sair da presidência da Caixa

Daniella Marques Consentino é a substituta

Ex-presidente da Caixa vira réu por assédio a funcionárias do banco
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, pediu demissão do cargo em carta enviada ao presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (29). Guimarães foi denunciado por funcionárias do banco por assédio sexual e moral. Ele rebateu todas as denúncias e alegou inocência. O caso está sendo investigado pelo Ministério Público Federal (MPF).

“Na atuação como presidente da Caixa, sempre me empenhei no combate a toda forma de assédio, repelindo toda e qualquer forma de violência, em quaisquer de suas possíveis configurações. As acusações noticiadas não são verdadeiras! Repito: as acusações não são verdadeiras e não refletem a minha postura profissional e nem pessoal. Tenho a plena certeza de que estas acusações não se sustentarão ao passar por uma avaliação técnica e isenta”, escreveu Guimarães, que também postou a carta na rede social Instagram.

Com a exoneração de Pedro Guimarães quem assume a presidência da Caixa é Daniella Marques Consentino, indicada pelo ministro Paulo Guedes. Consentino foi Secretária especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia. Ela está no governo desde janeiro de 2019 e foi assessora especial de Guedes até o início do ano.

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Tags: # # #

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.