Search
Close this search box.
Anuncie no PB Branco

Bruno Reis acompanha reformas do Morar Melhor em Campinas de Pirajá

Das 200 residências, 174 já foram reformadas ou estão com obras em andamento

Morar Melhor entrega 200 moradias reformadas em Fazenda Grande IV
Foto: Betto Jr./PMS
Foto: Betto Jr./PMS

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (UB), esteve nesta segunda-feira (21), na Travessa Simone, na comunidade de Campinas de Pirajá, para acompanhar o andamento das reformas nas 200 casas beneficiadas pelo programa Morar Melhor. Com ele, estavam a vice-prefeita, Ana Paula Matos (PDT), o secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Luiz Carlos de Souza (Republicanos), além de diversas lideranças municipais.

Somente em Campinas de Pirajá, das 200 residências, 174 já foram reformadas ou estão com obras em andamento, e outros 26 imóveis estão com o início das intervenções programado. Na ocasião, o prefeito destacou que, dentre todos as iniciativas da Prefeitura, o Morar Melhor é um dos que mais o emociona.

“Este programa resgata a dignidade e reforça a autoestima das pessoas. É em nossa casa que recebemos amigos e vizinhos para um café. E não adianta reformar as ruas, a iluminação, dar saneamento, se em casa as pessoas não têm condições dignas de moradia”, declarou.

Balanço – Desde o lançamento, em 2015, o programa Morar Melhor já reformou 35.078 casas em mais de 200 localidades da capital baiana. Apenas neste ano o programa habitacional já contemplou 100 imóveis em Sussuarana, 100 em Vila Canária, 132 casas na Baixa de Quintas e ainda mais 100 residências em Pau Miúdo.

Considerado o maior programa de requalificação residencial do Brasil, segundo a Prefeitura, o Morar Melhor tem como objetivo resgatar a cidadania e a autoestima da população contemplada. A ação é desenvolvida sob a coordenação da Seinfra.

A seleção dos imóveis é feita de acordo com critérios técnicos do programa, como locais com maior número de casas sem alvenaria ou revestimento; residências que possuem moradores abaixo da linha de pobreza (renda per capita inferior a R$85/mês); e que tenham predominância de mulheres chefes de família.

Os serviços que são executados em cada residência são escolhidos em conjunto com os beneficiados. Podem ser executados os serviços de pintura, reboco, recuperação ou troca de telhado, troca de esquadrias (portas e janelas) e instalação de louças sanitárias. O valor estimado da obra em cada unidade é de até R$7 mil.

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Notou algum erro no texto acima? Por favor, nos informe clicando aqui.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.
Anuncie no PB Branco