Search
Close this search box.

BRT de Salvador começa a funcionar em setembro, afirma Prefeitura

Iniciadas durante a gestão ACM Neto (UB), as obras do BRT têm previsão de conclusão para o final de 2023

BRT de Salvador começa a funcionar em setembro, afirma Prefeitura
Foto: PMS
Foto: PMS

A primeira etapa do BRT (Bus Rapid Transit) de Salvador – ligação entre o Shopping da Bahia e a Pituba -, vai entrar em operação no mês de setembro, com 24 ônibus, sendo oito deles elétricos. A informação foi divulgada pelo prefeito de Salvador, Bruno Reis (UB), na sexta-feira (3).

De acordo com o prefeito, o BRT será integrado aos outros modais na capital baiana: ônibus, metrô e sistema complementar, e os usuários vão pagar a mesma tarifa. “Serão quatro modais funcionando na cidade e o passageiro pegará qualquer desses modais pagando um único valor pela tarifa”, afirmou.

Iniciadas durante a gestão de ACM Neto (UB), as obras do BRT de Salvador têm previsão de conclusão para o final de 2023. Segundo a Prefeitura, quando todos os trechos estiverem totalmente em operação cerca de 300 mil passageiros serão beneficiados diariamente.

Anuncie no PB Branco

Etapas:

Trecho 1 – Da região do Shopping da Bahia até o Parque da Cidade. Parte concluída. Será iniciada em setembro operação assistida com linhas circulares;

Trecho 2 – Do Parque da Cidade até a Pituba. Está em fase final de obras e a previsão é de conclusão até setembro, quando será iniciada operação assistida com linhas circulares;

Trecho 3 – Do Parque da Cidade até a Lapa. Está em obras e a previsão é de conclusão até o final de 2023.

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Notou algum erro no texto acima? Por favor, nos informe clicando aqui.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

PODCAST

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.