Search
Close this search box.

Bolsonaro ganha 64 mil seguidores no Twitter em dois dias; média era de 4 mil

Filhos de Bolsonaro e outros bolsonaristas também foram beneficiados pelo "boom" de seguidores

MP vê possível interferência de Bolsonaro na investigação sobre corrupção no MEC
Foto: Evaristo AFPSA/AFP
Foto: Evaristo AFPSA/AFP

Após anúncio da compra do Twitter pelo bilionário Elon Musk, nesta segunda-feira (25), as contas bolsonaristas tiveram um aumento muito rápido no número de seguidores.

Anuncie no PB Branco

Segundo a Bites Consultoria, o perfil do presidente Jair Bolsonaro (PL) foi o principal beneficiado pelo “boom”, ganhando 64 mil seguidores nos últimos dois dias.

O quantitativo supera em quase 15 vezes a média dos últimos 30 dias, que era de aproximadamente 4,3 mil expectadores novos. No entanto, para Christopher Bouzy, fundador do Bot Sentinel — plataforma digital que identifica contas administradas por robôs — ao menos 61 mil perfis foram criados na segunda.

Bouzy compartilhou as informações em seu perfil verificado na rede social. Na postagem, o fundador compartilhou uma lista com todas as novas contas.

Os filhos de Bolsonaro também foram beneficiados pelo movimento. O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), chegou a comentar o assunto em suas redes. Ele também teve um crescimento significativo: da média diária de cerca de 1,2 mil seguidores, pulou para cerca de 25 mil nos dias 25 e 26.

O deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) também celebrou os novos seguidores, e publicou que a movimentação era “algo incrível”. Já o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) foi de 1,3 mil de média para 28 mil.

O “boom” continuou entre os bolsonaristas. O ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles, que tinha uma média diária de cerca de 1,8 mil novos seguidores, ganhou cerca de 32 mil nos dias 25 e 26. Já a conta do ex-secretário de Cultura Mário Frias, que recebia 53 usuários por dia, teve um aumento de cinco mil.

Fonte: O Globo

Apoiadores do presidente usaram o próprio twitter para dizer que o “boom” dos perfis tem relação com mudanças realizadas após a compra da plataforma por Elon Musk. Os bolsonaristas ficaram entusiasmados com a transação, baseado especialmente em um tuíte do bilionário em que ele afirma esperar que até “meus piores críticos permaneçam” na plataforma porque “é isso que significa liberdade de expressão”.

Christopher Bouzy não acredita em uma conversão orgânica. “Não acho que dezenas de milhares de brasileiros decidiram criar novas contas ao mesmo tempo e seguir Bolsonaro porque Musk está comprando o Twitter”, pontuou.

Em outra publicação, o fundador do Bot Sentinel lamenta os dados, os robôs identificados, e afirma: “Estamos prestes a entrar no inferno da desinformação”.

Anuncie no PB Branco

Procurado, o Twiiter informou que irá apurar internamente o caso.

 

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Tags: # #

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.