Search
Close this search box.

Bahia anuncia investimento de R$ 24,3 milhões para apoio a festas e festivais literários

Edital visa promover a realização de eventos literários em todos os territórios de identidade do estado

Foto: Lucas Rosário
Foto: Lucas Rosário

O Governo da Bahia lançou um novo edital, com um investimento de R$ 24,3 milhões, para apoiar festas, feiras e festivais literários em todos os 27 territórios de identidade do estado. A iniciativa, promovida pela Fundação Pedro Calmon e pelas secretarias estaduais de Cultura e Educação, faz parte do programa Bahia Literária e visa democratizar o acesso à leitura e à literatura. As inscrições estarão abertas de 1º a 31 de julho no site fpc.ba.gov.br.

O evento de lançamento ocorreu na quinta-feira (27), na Biblioteca Central do Estado da Bahia, com a presença de representantes de diversas instituições e autoridades. O secretário de Cultura, Bruno Monteiro, destacou a importância do edital para incentivar novas gerações de leitores. “O Governo da Bahia aposta nessa política para envolver a população com as possibilidades que a leitura traz. Este investimento histórico de mais de 24 milhões de reais democratiza o acesso à literatura, mostrando o potencial transformador da educação e da cultura”, afirmou. Clique aqui e siga nosso canal no WhatsApp.

O edital pretende selecionar 81 propostas, reservando 50% das vagas para ações afirmativas: 40% para pessoas negras, 5% para indígenas e 5% para pessoas com deficiência. A secretária da Educação, Rowenna Brito, enfatizou a importância do edital para a educação: “A escola precisa ser um lugar de construção e preservação da nossa cultura. Este edital reafirma nosso compromisso com a literatura e a democratização do acesso ao livro.”

Vladimir Pinheiro, diretor-geral da Fundação Pedro Calmon, destacou o crescimento dos eventos literários na Bahia e a importância do edital: “Ano passado, apoiamos 36 eventos literários e estamos ampliando cada vez mais. Este edital fortalece a política do livro e da leitura, incentivando a produção literária baiana e promovendo um compromisso com nossas escolas e professores.”

Podem se inscrever no edital agentes culturais, maiores de 18 anos, Microempreendedores Individuais (MEI), pessoas jurídicas com e sem fins lucrativos, e coletivos/grupos sem CNPJ representados por pessoa física. Os candidatos devem comprovar atuação artístico, cultural e/ou educacional na Bahia por pelo menos dois anos. O valor máximo por proposta é de até R$ 300 mil. Clique aqui e siga nosso canal no WhatsApp.

O programa Bahia Literária visa aprofundar as políticas públicas de leitura, ampliando o número de feiras literárias no estado e promovendo a diversidade cultural, a produção literária e artística local, além de alcançar mais municípios. A expectativa é que a iniciativa contribua para o desenvolvimento econômico e social da Bahia.

Anuncie no PB Branco

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Notou algum erro no texto acima? Por favor, nos informe clicando aqui.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

PODCAST

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.