Search
Close this search box.

ACM Neto diz que gestão do PT virou as costas para a educação na Bahia

O pré-candidato ao governo do estado prometeu priorizar a educação, se eleito

ACM Neto diz que gestão do PT virou as costas para a educação na Bahia
Foto: Ascom/ACM Neto
Foto: Ascom/ACM Neto

No Dia Internacional da Educação, o pré-candidato ao governo da Bahia ACM Neto (UB) afirmou que é através do investimento maciço no ensino que o estado vai combater a pobreza e a desigualdade social.

Durante evento realizado nesta quinta-feira (28) em Ilhéus, Neto destacou que a falta de atenção do governo atual com a educação na Bahia interfere diretamente no desenvolvimento dos jovens de todo o estado.

“É possível virar esse jogo. Afinal de contas, outros estados do Brasil avançam na educação, melhoram a qualidade do ensino, valorizam os professores e ainda investem em tecnologia”, disse.

O ex-prefeito de Salvador ponderou ainda que, enquanto os gestores locais não projetarem a atenção para soluções capazes de tirar a Bahia do pior índice da educação de todo o país, o estado seguirá estagnado, incapaz de acompanhar o crescimento mundial.

“A pergunta que fica é: que estado podemos projetar para o futuro se os nossos governantes, nos últimos anos, esqueceram da educação? Se os nossos governantes estão condenando a juventude da Bahia? Se eles viraram as costas para a necessidade imprescindível da formação dos nossos jovens?”, questionou.

“O futuro com crescimento sustentável não será possível se nós não investirmos também na educação. Se Deus me permitir chegar ao governo, o meu compromisso é de priorizar a educação e colocar a Bahia como o estado que mais vai investir na qualidade do ensino de todo o país”, acrescentou Neto.

Siga a gente no Insta | Face | TwitterYouTube | Whatsapp.

Acompanhe o Panorama da Bahia no Google Notícias e fique sempre bem informado.

Apoie o Panorama da Bahia com qualquer valor e ajude a manter a integridade da nossa linha editorial: pix@panoramadabahia.com.br

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

REDES SOCIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido.